terça-feira, 9 de dezembro de 2008

ANGELBLUE


Amor, danço para ti bem alto, até tocar o pó das estrelas, e nas minhas asas azuis levo o que melhor guardo em mim, até o teu coração encontrar e nele me aninhar. Amor, olha como danço feliz porque levo na ponta dos dedos, as festinhas que te desejo dar para te adormecer em mim. Amor, olha como danço leve e sem medo porque o teu amor são as mãos que não me deixam caír.

Sem comentários: