segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

ALAP


Quando fiz o lançamento do meu primeiro livro, preferi que a musica fosse a totalidade de todo o momento, porque prefiro escrever a ter que falar. Desejei que esse momento fosse especial e que todos se sentissem bem a passar um momento diferente sem discursos chatos e enfadonhos. Assim, o meu momento foi o de todos, em perfeito relax, a saborear um bom vinho e das poucas palavras que disse foram as suficientes em quantidade e qualidade. Convidei para essa noite os ALAP, que conheço bastante bem, amigos de longa data, que tocam Sitar e Tablas, este ultimo um dos instrumentos preferidos de Talvin Singh. Sao pouco conhecidos mas com uma excelente qualidade musical. O Paulo Sousa de vez em quando vai até à India para aprofundar o instrumento com o seu mestre e aprofundar o seu lado espiritual, uma vez que é mestre de Yoga. O João Pedro Moreira tem um dominio nas tablas arrepiante. Um dos convidados foi tambem um grande amigo meu O Pedro Antunes que toca Guitarra Portuguesa especialmente Carlos Paredes. Ao som de musica Indiana e Portuguesa, a coisa não podia ter sabído melhor, excepto no fim quando os três se juntaram e pela primeira vez ouvi a fusão de varios temas improvisados nos três instrumentos pela primeira vez juntos, em perfeita harmonia entre si. Foi brutal não só pela qualidade musical mas principalmente pela fusão destes instrumentos entre si de forma unica. Momento especial sem duvida, guardado por todos para sempre. Fica aqui um registo para quem toca na pele do Mundo de forma Diferente. Aos Alap e ao Pedro Antunes, pelo momento.

2 comentários:

luna disse...

vou ouvir! só não dá agora porque o youtube está nas couves! :-( sabes que eu tenho pai goês, e apesar da minha mãe tuga não nos ter embebido nenhuma cultura indiana, sinto-me bem ao som da sitara. :-)as árvores se calhar vêem-me ainda dos horizontes e cheiro de Africa, onde eu nasci! eheh. é a pura verdade! eu sou afro-euro-asiatica. uma mescla que eu agora entendo e adoro! :-)

luna disse...

ah, faltou uma coisa muito importante: que livro é esse? tou muito interessada! acho fascinante quem escreve.